segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Vem aí o Halloween

Ilustração de Marc Le Rest

O Halloween é uma festa comemorativa celebrada todos os anos no dia 31 de Outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Esta festa é realizada em grande parte nos países ocidentais, porém é muito festejada nos Estados Unidos. Neste país, foi levada pelos imigrantes irlandeses, ali chegou em meados do século XIX. A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditava que no último dia do verão (31 de Outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros. Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição. Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de Novembro). Esta festa, por estar relacionada com a sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras. São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens como Drácula e Frankestein. As crianças também participam desta festa. Com a ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam a noite do 31 de Outubro, com sacos cheios de guloseimas. No entanto, no nosso país, a comemoração desta data é recente. Chegou através da grande influência da cultura americana, principalmente via pela televisão, mas também via a disciplina de língua inglesa. Os docentes desta disciplina aos poucos foram fazendo a propagação desta festa, valorizando e comemorando esta data com os seus alunos por forma de vivenciar com os eles a cultura norte-americana. Muitos portugueses defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, não devia ser comemorada.

Sem comentários:

Publicar um comentário