quinta-feira, 4 de novembro de 2010

História da Biblioteca do Agrupamento de Escolas Julio-Saúl Dias

Em Janeiro de dois mil e um era inaugurada, no primeiro dia de aulas do segundo período, a primeira escola do milénio – a escola EB 2/3 Julio-Saúl Dias, no concelho de Vila do Conde.
Era a esperança renascida depois de muitos e intermináveis anos nas velhas instalações da pista, junto aos bombeiros, onde a biblioteca da escola era uma vulgar sala igual a tantas outras com alguns livros oferecidos e fechados nas inestéticas estantes, repetidos, uns e sem interesse, outros.
Situados, agora, na parte nascente da cidade, uma zona em forte expansão habitacional, usufrui a escola de biblioteca escolar/centro de recursos educativos de apelativas instalações com bem mais de duzentos metros quadrados, com vasto espólio bíblio, áudio, vídeo e informático.
E esta alegria começou a ganhar forma quando a Vereadora do Pelouro da Educação da Câmara Municipal de Vila do Conde informava, em ofício datado de 4/01/2001 que “como já foi dado conhecimento pelo Sr. Presidente da Câmara, Vila do Conde viu finalmente concretizada a pretensão de as suas escolas passarem a estar incluídas na Rede de Bibliotecas Escolares…”. E a DREN oficiava o então Presidente do C. Executivo, Prof. Abílio graça, com data de 00-12-12 “que o concelho de Vila do Conde passa a integrar, a partir do presente ano lectivo, a Rede de Bibliotecas Escolares.” E já o Instituto de Inovação Educacional, em 2001.05.24, dizia que “… a escola foi seleccionada no âmbito da Candidatura Concelhia 2001 promovida pelo Programa de Rede de Bibliotecas Escolares.” E, em apêndice anunciava a verba atribuída. Também a mesma DREN, em 01-05-30 comunicava que a escola EB 2/3 Júlio Saul Dias fazia parte das candidaturas contempladas. Começou o sorriso aberto, o trabalho, o enriquecimento do mobiliário, do fundo documental, do melhor serviço à comunidade, do viver para servir, do aprender a servir nas suas múltiplas facetas.
A biblioteca é a oficina do aluno, onde ele desenvolve a sua cultura cívica, científica, tecnológica e artística.